o seu sítio de poesia

BUSCA SONETO

RIMADOR

SONETOS FAMOSOS
SONETOS MEUS
SONETOS SEUS
COMUNIDADE
HISTÓRIA
RIMADOR
PARA OUVIR
SONETO-ARTE
COMO ESCREVER
LIVRO DE VISITAS
SONETOS NO MUNDO
SOBRE ESTE SÍTIO

Acesse também o Twitter do sítio!
Estamos agora no Facebook! Procure pelas comunidades Sonetos e SONETOS.com.br!
Imprimir Enviar Ouvir Twitter del.icio.us Facebook
UNIÃO CARNAL

Por que um instante só, depois mais nada,
não te agradou, talvez, o meu carinho ?!
Deves saber, porém, ó doce amada,
quanto mais velho, mais gostoso é o vinho !...

Quero escrever o verso que retrate
o nosso ardor naquela noite infinda,
pois sinto o mel dos beijos teus ainda
adoçando a amargura que me abate.

Eras tão jovem, tinhas tanto fogo...
Nosso conúbio foi tal qual um jogo
em que não houve um triste perdedor...

Hoje recordo aquelas horas loucas
quando estavam unidas nossas bocas,
usufruindo o mais ardente amor !

MENESTREL SEM JUIZO

ENVIAR SEU SONETO

INDICAR O SÍTIO

ANTERIOR
O Governo O Governo Imputa à população A responsabilidade do país crescer, Mas ...

PRÓXIMO
AS CIGARRAS Com os seus dedinhos E seus clarinetes As cigarras preparam sua orq...

Soneto de Ialmar Pio Schneider

Ajude a eleger os melhores sonetos! Se gostou desse, vote aqui.

NOVIDADE! Seja o primeiro a deixar um comentário sobre este soneto. Clique aqui.
© 2002-2010 Bernardo Trancoso. Todos os direitos reservados.